Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A onicomicose, uma infecção comum causada por fungos que se instalam nas unhas das mãos e dos pés, provoca, inicialmente, pequenos descolamentos das unhas, coloração esbranquiçada, amarelada ou até amarronzada em alguns casos. Suas consequências aparentes podem evoluir para uma unha deformada e com aspecto mais espesso.

Segundo a dermatologista Dra. Ana Lísia Giudice “Pessoas que mexem muito com água podem ter micose no local pois a umidade favorece o crescimento de fungos nas unhas das mãos. Além disso, colocar unhas de gel ou de fibra de vidro podem lesar a superfície da unha, aumentar as chances de infiltração de água e, assim, aumentar a umidade no local, propiciando o aparecimento de fungos”, explica.

Para que não chegue nesse ponto, é sempre bom prevenir a doença. Confira cinco dicas para evitar a micose:

• Higienização

Mantenha as unhas bem cortadas e lave frequentemente as mãos e os pés com sabonete. Seque bem as regiões, podendo utilizar papel toalha para isso. Essa prática ajuda a manter o local seco, logo, dificulta a instalação de fungos.

• Olhe onde pisa!

A infeção surge mais facilmente nas unhas dos pés, por ser um local que fica mais abafado e úmido durante o uso de calçados. Andar descalço em ambientes públicos ou por onde animais transitam também não é uma boa opção. Portanto, evite esse costume e sempre alterne os calçados.

• Atenção às unhas postiças

A infiltração pode ocorrer por aplicação errada, falta de manutenção ou por desgaste das unhas naturais, causando descamação. As unhas são formadas por diversas camadas de queratina. Ao retirar essas unhas artificiais e lixá-las no momento da manutenção, parte dessa queratina vai embora, deixando as unhas enfraquecidas, finas e esbranquiçadas, ficando mais propensas a sofrer traumas e acumular umidade.

• Leve os próprios utensílios em salões de beleza

Observe se todo o material que será utilizado está esterilizado. Se puder, leve seu próprio kit, pois esmaltes cosméticos podem ser contaminados por fungos e ser um meio de transmissão. Fique atento também ao uso de materiais descartáveis, como lixas e palitos utilizados na manutenção das unhas.

• Utilize esmaltes antimicóticos

Os antimicóticos, que são voltados para combater a doença, têm ação eficaz contra a micose. Quando aplicado diretamente na superfície da unha e conforme instruções de uso do medicamento e de um dermatologista, o esmalte terapêutico antimicótico penetra em todas as camadas da unha, evita que os fungos se espalhem entre as unhas e elimina os fungos que estão instalados dentro, ao redor e embaixo da unha. Tudo isso graças à amorolfina, um ativo que mata o fungo causador da micose e ainda protege contra sua proliferação.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio