Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Um dos depoimentos mais esperados da semana ocorre nesta quinta-feira, 1°. Francisco Maximiano, sócio da Precisa Medicamentos irá esclarecer alguns pontos obscuros na intermediação para a compra da Covaxin. A negociação é o principal alvo da CPI da Covid, por apresentar vários indícios de irregularidades.

No início da semana, os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Jorge Kajuru (Podemos-GO) e Fabiano Contarato (Rede-ES) apresentaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia-crime na qual pediram a investigação do presidente Jair Bolsonaro por suposto crime de prevaricação no caso. O líder do Governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR) também está sendo investigado.

Na justificativa da notícia-crime, Randolfe afirmou que o depoimento dos irmãos Miranda confirma que Bolsonaro tinha conhecimento de um esquema criminoso envolvendo a busca pela vacina indiana Covaxin e quais membros do Governo estão envolvidos.  

De acordo com o Código Penal, prevaricar é listado entre os crimes praticados por funcionário público contra a administração pública e consiste em: “Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal”.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?