Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

As festas de fim de ano rendem muitas comemorações e, na maioria das vezes, são acompanhadas por bebidas alcoólicas como cervejas, vinhos, drinks e espumantes. Nesse momento, é importante estar atento quanto à moderação e hidratação para evitar a “famosa” ressaca. Em casos de desidratação por conta do consumo excessivo, é necessário se hidratar constantemente e optar por alimentos leves.  

A nutricionista Larissa Ramos dá dicas especiais para quem vai beber nas festas de fim de ano. “É indicado que antes do consumo de bebidas alcoólicas o corpo esteja bem hidratado. É muito importante alimentar-se bem, para proporcionar uma absorção do álcool mais lenta no organismo. Também é muito importante intercalar as doses de álcool com água e não misturar os tipos de bebida alcoólica”, afirma.  

A especialista reforça alguns cuidados quanto à ingestão do álcool para causar menos efeitos ao organismo. “Outra dica é não ter pressa. Beba devagar, pois a velocidade de consumo também impacta nos efeitos do álcool no organismo. Consumir a bebida mais devagar faz com que o estômago consiga absorvê-la mais lentamente, e com isso os efeitos também vão ocorrer de forma mais lenta”, pontua. 

Ela reforça que se mesmo tomando estes cuidados, a ressaca vier no outro dia, a primeira dica é: hidrate-se! “A principal causa da ressaca é a desidratação provocada pelo álcool, um potente diurético que estimula a perda de líquido do corpo. Portanto, ingira bastante água, principalmente antes de dormir. Essa tática ajuda seu organismo a metabolizar o álcool enquanto você descansa. Se acordar para fazer xixi, tome mais água. Além de hidratar seu corpo, ela ajuda a eliminar o álcool e livrar-se das toxinas”, destaca.  

Larissa conta que é importante consumir alimentos de fácil digestão para não estressar ainda mais o organismo, já detonado pelo esforço de processar o álcool. “A alimentação deve ser leve, pobre em gorduras, rica em frutas, vegetais e líquidos. Deixe de lado molho branco, queijos amarelos e fritura”, ressalta. 

A nutricionista finaliza reforçando o consumo de alguns alimentos para consumir no dia seguinte. “Algumas ervas ajudam a renovar as células hepáticas e, assim, acelerar o processo de purificação das toxinas do álcool que estão no corpo. Chás de salsaparrilha, erva-picão, macela e erva-cidreira são excelentes desintoxicantes. Depois das refeições, o chá verde e o de hortelã facilitam a digestão”, conclui. 

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?