Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A terapia com cavalos, também chamada de equoterapia é um método terapêutico que serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo.

O tratamento auxilia o desenvolvimento de indivíduos com deficiências ou necessidades especiais, como a síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo.

Major Angelo, fisioterapeuta que atende as crianças que fazem este tipo de tratamento explica a eficácia do trabalho desenvolvido há 27 anos pela polícia militar do Estado do Pará “ O cavalo , ao passo, provoca um estímulo motor tridimensional no praticante de equoterapia proporcionando diversos benefícios como ganho de força, do equilibro, da coordenação, da concentração, entre outros”, explicou.

Esse tipo de terapia para pessoas com necessidades especiais deve ser feito em um ambiente adequado e especializado, pois o cavalo deve ser manso, dócil e bem treinado para que o desenvolvimento da pessoa seja estimulado e o tratamento não seja comprometido. Durante as sessões de equoterapia, as intervenções são realizadas por profissionais com formação na área. Uma equipe mínima para atuar junto ao cavalo deve contar com Fisioterapeuta, Psicologo e Equitador.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio