Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou na manhã de hoje, 26, um requerimento na CPI da Covid para convocar o presidente Jair Bolsonaro. Pela primeira vez, um presidente da república é chamado para falar numa CPI.

No documento, Randolfe, deixa claro a necessidade do chefe do Executivo esclarecer “graves fatos” que contribuíram, segundo ele, para mais de 450 mil mortes em decorrência da pandemia no Brasil. 

Em manifestações públicas, Jair Bolsonaro criticou os integrantes da comissão e o andamento dos trabalhos. O presidente chegou a ameaçar a publicação de um decreto impedindo medidas restritivas nos estados, e usar as Forças Armadas para cumprir a determinação, o que criaria uma situação de instabilidade.

O rumo das investigações está sendo decidido em uma reunião secreta. A expectativa é que o requerimento do senador seja votado pelos integrantes da comissão ainda nesta quarta, além da convocação de governadores.

Existe uma divergência entre os parlamentares, pois alguns integrantes acreditam que a CPI não pode convocar chefes de outros poderes, o que na prática impediria a convocação tanto dos governadores quanto dos prefeitos.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio