Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

O Senado aprovou nesta quarta-feira projeto que desfaz regras mais rígidas para os planos de saúde das estatais. A equipe econômica estima que o impacto da matéria representa um adicional de pelo menos R$ 1,5 bilhão ao ano para as grandes empresas públicas. O texto vai à promulgação.

 A Medida Provisória (MP) 1.045, que permitiu a redução de jornadas e salários durante a pandemia da Covid-19, mas também previa mudanças permanentes nas leis trabalhistas já havia sido rejeitada anteriormente.

Foram 47 votos contrários, 27 favoráveis e uma abstenção. O Projeto de Decreto Legislativo revogou resolução de 2018 que limitou planos de saúde de estatais.

Fonte: O Globo

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio