Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A pandemia trouxe impactos negativos para saúde mental tanto da população, quanto para os profissionais da saúde, que atuam na linha de frente na luta contra a COVID-19 em hospitais, pois eles lidam diariamente com o medo de se infectarem, infectarem os outros e ainda, com a sobrecarga de trabalho.

De acordo com os especialistas, manter a mente saudável é um importante fator que nos possibilita lidar com as emoções positivas e negativas. Investir em estratégias que possibilitem o equilíbrio das funções mentais é essencial para um convívio social mais saudável. A psicóloga Clara Leão, afirma que esse tem sido um desafio marcante para estes profissionais “Estamos vivendo um período aonde quem cuida de vidas precisa ao mesmo tempo ser cuidado. Alguns sentimentos começaram a conviver com profissionais da saúde como desesperança, desespero, medo exacerbado de repetição dos fenômenos, medo da morte de si e de pessoas próximas, medo de ser infectado e de infectar os outros, enfrentamento de medidas de isolamento social, que podem facilitar o surgimento de estresse pós-traumático, sintomas depressivos e ansiosos e de comportamento suicida”, conclui.

Pensando nisso e com esse conhecimento alguns projetos voltados para o atendimento dos profissionais da área, surgiram fortalecendo-os e os auxiliando durante esse período.

No Pará, a Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal do Pará (UFPA) deu início ao Projeto de extensão “Ações de Promoção à Saúde, Atenção Psicossocial e Educacional como Práticas de Integração Universitária”, os agendamentos são gratuitos e devem ser feitas pelas redes sociais do projeto.

“O Projeto de Atenção Psicossocial UFPA é um serviço oferecido para o acolhimento psicossocial dos universitários perabte a Pandemia Covid-19, que busca avaliar os efeitos que o cenário atual trouxe para saúde mental, bem como realizar um suporte psicossocial e informar as formas de prevenir por meio de vídeos e podcast sobre o adoecimento relacionado à saúde mental. Assim, nos atendimentos do projeto, é proporcionado um espaço de escuta, de acolhimento psicossocial, de orientação e educação para refletirem a importância de cuidar da saúde mental para viver com qualidade”, explica o coordenador do projeto, Evanildo Lopes Monteiro da área de Atenção Psicossocial e Educacional –

Como funciona? – A dinâmica ocorre de segunda a sábado, sendo agendada preferencialmente pelas redes sociais do projeto pelo Instagram ou  e-mail projetopsicossocialufpa@gmail.com. Os interessados podem também entrar em contato diretamente com membros que compõem o projeto e agendar uma consulta diretamente com eles. Atualmente o projeto conta com o apoio de bolsistas e voluntários.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?