Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A medicina veterinária tem evoluído de forma muito rápida nos últimos anos. Muitas doenças e lesões que até alguns anos atrás poderiam ser uma sentença de morte para os animais são hoje tratadas com sucesso. As afecções de coluna, como as hérnias discais, por exemplo, nos dão um bom exemplo dessa evolução. Elas, hoje, são a principal doença de coluna dos cães, representando uma importante fonte de dor e de alterações neurológicas. Felizmente, atualmente temos acesso a modernas ferramentas de diagnóstico e tratamentos que possibilitam o manejo de problemas como este.

O que é uma hérnia de disco? Os discos intervertebrais são um tecido que existe entre cada uma das vértebras. Eles atuam como amortecedores, absorvendo os impactos entre os ossos da coluna. Por dentro das vértebras passam o canal vertebral e a medula espinhal, que leva a inervação para cada um dos músculos do corpo. Uma hérnia de disco é uma doença degenerativa, em que o disco perde suas características normais. Com isso, ele fica mais frágil e pode acabar se projetando para o canal vertebral, levando à compressão da medula na região.

Leia mais: https://www.uol.com.br/nossa/colunas/coluna-do-veterinario/2021/05/13/hernia-de-disco-em-caes-nao-e-mais-sentenca-de-morte-saiba-como-tratar.htm?cmpid=copiaecola

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio