Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Uma healthtech peruana desembarcou no Brasil nesta semana com o objetivo de entregar soluções de telemedicina preventiva. Será o terceiro mercado fora do país de origem para a startup Smart Doctor. Além do Brasil, ela está presente no México e na Colômbia.

A chegada é fruto de um investimento de US$ 1,5 milhões dos fundos Pareto20, Fresh-Ventures e GreenEgg Ventures. Com o aporte, a empresa espera uma expansão rápida de sua operação no país, aumentando a sua base de médicos na plataforma de telemedicina e também o número de funcionários.

Na startup, os planos começam em R$ 50 por mês e podem chegar a R$ 125, podendo adicionar até cinco dependentes. Por meio da plataforma, a cobertura dá acesso a clínicos gerais, nutricionistas, psicólogos e pediatras, todos contratados pela empresa.

A empresa funciona da seguinte maneira: quando uma companhia contrata o plano, todos os funcionários passam por uma avaliação inicial para checar doenças existentes ou predisposição genética, sobrepeso, alimentação equilibrada e também saúde mental. A partir daí é que a startup emite um relatório mensal com o acompanhamento geral da saúde dos funcionários.

Atualmente, a healthtech conta com cerca de 5,7 mil pacientes na plataforma. Até o fim do ano, a empresa espera conseguir uma nova captação e se instalar na Argentina. Até 2025, a ambição é chegar a 2 mil empresas na base e cerca de 200 mil pacientes.

Fonte: Pipeline

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio