Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

O câncer do colo do útero é o terceiro mais incidente na população feminina brasileira e é o quarto que mais leva a óbito.

A incidência é maior entre 45 e 50 anos, mas têm sido cada vez mais comuns os casos em mulheres antes dos 30 anos, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer.

A região Norte é a que apresenta maior incidência e em contínuo crescimento de casos, por motivos relacionados à pobreza, prevenção e acesso à saúde e pelas peculiaridades territoriais, com populações ribeirinhas.

O controle do câncer do colo do útero é uma prioridade da agenda de saúde do país e integra o Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) no Brasil, 2011-2022. As estratégias são diagnóstico precoce e rastreamento.

HPV e Vacinação

Existem mais de 150 tipos de vírus HPV, sendo 40 deles contaminantes da região genital podendo provocar cânceres de vulva, vagina, pênis, ânus e verrugas genitais.

O câncer de boca e garganta mata cerca de 230 mil pessoas por ano e a incidência está relacionada ao HPV. É muito importante conscientizar os pais a vacinarem meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, antes do início da vida sexual, uma vez que a transmissão se dá pelo contato sexual sem proteção.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio