Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A primeira hora de vida é chamada “Hora de Ouro (Golden Hour)”, momento em que a mãe e o bebê costumam ficar mais acordados e tem uma excelente oportunidade para interagir. A grande importância desse momento é permitir que a transição do ambiente intra útero para o ambiente externo seja a menos traumática possível.

Dentro da barriga da mãe, o bebê estava em um ambiente protegido, com oferta regular de nutrientes, controle de temperatura e de luz. O clampeamento tardio do cordão umbilical, a promoção e manutenção do contato pele a pele e o início precoce do aleitamento materno exclusivo, ainda na Golden Hour, são três cuidados simples e baseados em evidências científicas que promovem inúmeros benefícios para mãe e bebê, inclusive como um fator de proteção contra mortalidade neonatal.
 
▪️ Benefícios para a mulher: diminui os riscos de hemorragia pós-parto; ajuda no controle da pressão arterial materna, diminuindo os riscos de quadros como eclâmpsia; diminui os índices de depressão pós-parto.
▪️Benefícios para o bebê: estimula a criação do vínculo mãe-bebê; favorece a colonização do bebê por bactérias boas da microbiota materna; controla os batimentos cardíacos do bebê; diminui as chances de hipotermia (temperatura baixa) e hipoglicemia (glicose no sangue baixa).
 
Ser amamentado na primeira hora significa receber o colostro, primeira vacina do bebê, rica em anticorpos e nutrientes. Os estudos mostram que recém-nascidos que passam por esse processo são mais saudáveis, têm menos risco de infecções e maiores chances de serem amamentados exclusivamente durante os seis primeiros meses de vida.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?