Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

O Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de São Paulo realizou um levantamento a partir da proposta do Governo Federal, somada ao projeto que trata das novas regras do Imposto de Renda, que prevê o aumento da taxação de serviços de saúde em 100%. Segundo o Sindishosp, o projeto de reformulação do IR, estabelece ainda o aumento de imposto sobre distribuição de lucros e dividendos, daí o resultado.

Somados à contribuição social sobre operações com bens e serviços, no valor de 12%, tributação de distribuição de lucros líquidos e IRPJ/CSLL, um estabelecimento de saúde que se utilize do lucro presumido chegaria a uma majoração de custo tributário de quase 170%, sem acrescentar encargos de folha e outros tributos.

Fonte: Abril

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?