Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Crianças de diversas partes do mundo todo, estão apresentando cada vez mais doenças relacionadas à obesidade. O problema é ainda maior em países menos desenvolvidos com hábitos ruins e consumo excessivo de alimentos industrializados, com excesso de carboidratos e açúcares e baixa atividade física.

Doenças que antes atingiam predominantemente adultos e idosos, hoje estão cada vez mais comuns entre crianças a partir de 6 anos de idade, como diabetes do tipo 2, esteatose hepática, colesterol alto, cálculos biliares, intolerância à glicose, resistência à insulina, problemas dermatológicos e muitos outros.

Há ainda outras consequências do sobrepeso que afetam o bem estar infantil, como por exemplo, complicações da coluna e no desenvolvimento dos ossos, na qualidade do sono, e que por sua vez, afetam o convívio social e a auto estima, podendo causar transtornos emocionais. Além disso, há o bullying por causa da discriminação social e também a dificuldade de participarem de competições resultando em baixa autoestima e auto confiança.

Outra grande preocupação é o prejuízo no aprendizado, uma vez que acometidas por doenças mais graves como diabetes e asma, podem faltar mais aulas em convalescência

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio