Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A startup Nude é a criação do casal Giovanna Meneghel e Alexander Appel, que enxergou o potencial do mercado plant-based, produtos de origem vegetal que substituem itens de origem animal. Juntos, eles criaram em dezembro de 2020 a foodtech, que fabrica substitutos lácteos à base de aveia, hoje considerada a primeira empresa de alimentação a conquistar o título de “carbono neutra” no país.

Na quinta-feira do dia 27 de janeiro, a Nude concluiu uma rodada de captação sérire A de 25 milhões de reais, liderada pela Vox Capital, um fundo dedicado ao investimento em empresas de impacto socioambiental positivo. A rodada contou com a a participação dos fundos Lever VC, que já apostou nas gigantes de carne vegetal Beyond Meat e Impossible Foods), Endeavor Scale-up Ventures, Ecoa Capital e a mexicana Angel Ventures, que inaugura seu portfólio brasileiro a partir da injeção de capital na Nude. Com isso, o leite de aveia da foodtech passou a valer 125 milhões de reais.

Com o capital, a Nude deseja expandir o portfólio de produtos à base de aveia que seja além do leite, preferencialmente iniciando pelo creme de leite. “Queremos chegar em mais lares brasileiros e já estamos trabalhando nisso”, disse Alexander Appel, cofundador e diretor de operações da Nude. Agora, a Nude tem cinco opções de leite de aveia, além de um chocolate e um sorvete vegano.

Tudo indica que espaço para esse mercado em expansão não vai faltar. A demanda global por bebidas de aveia crescerá 8,2% até 2027, de acordo uma pesquisa da Future Market Insights. Assim, o valor global de leite de aveia pode chegar a quase 11 bilhões de reais até 2026, segundo o relatório da Market Research Future (MRF).

Nos Estados Unidos, os leites vegetais representam mais de 10% do mercado. A nude acredita que essa mesma tendência se repita em solo brasileiro.

Para manter o crescimento, uma das apostas da foodtech seria de que a aveia seja preferência dos bares e cafeterias que usam leites vegetais à base de amêndoas ou castanhas em suas bebidas, devido ao sabor. A startup tem uma edição de produtos voltadas para esse segmento, vendida em mais de 500 cafeterias pelo país.

Fonte: Exame

Foto: Site Nude

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio