Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A CPI da Covid, no Senado, inicia mais uma semana de depoimentos nesta terça-feira, 25, ouvindo a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. O depoimento da médica começou as 9h.

Mayra ficou conhecida por ser defensora do uso da Cloroquina, mesmo não havendo evidências científicas que ela funcione para tratar ou evitar a Covid-19. Ela esteve à frente da ação do Ministério da Saúde que tentou implementar o “tratamento precoce” em Manaus enquanto a cidade vivia uma crise de abastecimento de oxigênio, que matou dezenas de pacientes asfixiados.

Antes dela, na semana passada, a CPI ouviu os ex-ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Eduardo Pazuello (Saúde). Um requerimento para reconvocar Pazuello já foi apresentado e deve ser votado na nesta semana pelos integrantes da CPI. A realização de um novo depoimento depende da aprovação desse pedido.

O ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde, o coronel Élcio Franco, também foi convocado e tinha o depoimento marcado para quinta-feira, dia 27, mas pediu adiamento, alegando que ainda se recupera da Covid-19. O depoimento deve ser remarcado para o dia 8 de junho.

Na semana que vêm, estão agendados os depoimentos de especialistas ligados à centros de produção de vacinas, como a Fiocruz e o Instituto Butantan.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?