Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Mulheres grávidas vacinadas com os imunizantes da Pfizer e Moderna diminuiu em 61% dos bebês serem hospitalizados por Covid-19, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos.

A pesquisa, publicada na última terça-feira (15), também indica que o momento na qual a grávida é vacinada influencia na eficácia da resposta imunológica dos bebês. A resposta foi de 32% para bebês que receberam o esquema vacinal completo desde o início da gravidez e de 80% para aqueles em que as mães foram vacinadas no final da gestação.

Dana Meaney-Delman, que é ginecologista e autora da análise, relatou em uma entrevista coletiva que, dos bebês internados na UTI com Covid-19, 88% nasceram de mães que não foram vacinadas antes ou durante a gravidez. 

A vacinação contra Covid-19 durante a gravidez está relacionada à presença de anticorpos no leite e nos soros maternos do parto. Para os estudiosos, há transferência de anticorpos contra o coronavírus por meio da placenta.

Metodologia

A pesquisa foi realizada pela rede Overcoming Covid-19, em associação com o CDC, em 20 hospitais pediátricos dos Estados Unidos. O período realizado foi entre julho de 2021 a janeiro de 2022.

Fonte: Metrópoles

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio