Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Para quem já completou o esquema vacinal contra a Covid-19 com o produto do laboratório chinês Sinovac, uma terceira dose de CoronaVac é eficaz para aumentar a imunidade contra o coronavírus.


A conclusão está em dois estudos divulgados pelo fabricante na terça-feira (17) e comentados pelo Instituto Butantan, parceiro na produção do imunizante no Brasil.
As pesquisas foram feitas na China com dois grupos de voluntários, adultos e idosos, e com dois diferentes intervalos de aplicação da terceira dose.


Os artigos estão publicados na plataforma medRxiv, em forma de pré-print, ou seja, ainda sem a revisão de outros cientistas.


Em um estudo, pessoas de 18 a 59 anos tomaram a dose adicional após seis meses da conclusão do esquema normal de vacinação (com duas doses). Já em outra pesquisa, foi avaliada a resposta em pessoas com mais de 60 anos. Nesse grupo, a aplicação da terceira dose foi feita mais tarde, oito meses depois do esquema de duas doses estar completo.


Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, a segurança de tomar uma terceira dose também foi acompanhada nos trabalhos, e os resultados não demonstraram que haja risco em nenhum dos grupos e as conclusões dos estudos não determinam que uma dose adicional seja necessária neste momento para quem tomou a CoronaVac.


Fonte: O Globo

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio