Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Envelhecer de forma ativa, com qualidade de vida, é um dos principais desafios para o público idoso. A conscientização para as necessidades desse público é o principal objetivo desta sexta-feira, dia 1º de outubro, data em que celebra o Dia do Idoso, sensibiliza a sociedade para as questões do envelhecimento chama a atenção para a necessidade de cuidados com a pessoa idosa.

O envelhecimento da população aponta para a importância da organização da rede de atenção à saúde. Segundo dados do Ministério da Saúde, os idosos no Brasil representam 29,3 milhões de pessoas. Em 2030, o número de idosos deve superar o de crianças e adolescentes de zero a quatorze anos. Em sete décadas, a média de vida do brasileiro aumentou 30 anos, saindo de 45,4 anos em 1940, para 75,4 anos em 2015.

Muitos avanços já foram feitos no que diz respeito à legislação e, hoje, os maus-tratos, por exemplo, são punidos com mais rigor do que há alguns anos. Entretanto, o desafio da idade não se restringe à legislação, pois se refere também à saúde, uma vez que muitos idosos sofrem com a diminuição das suas capacidades físicas e, muitas vezes, mentais.

Para que uma pessoa idosa alcance o bem-estar físico, social e mental, atividades físicas, atividades intelectuais e, principalmente, consultas periódicas ao médico são essenciais para superar diversos problemas que se tornam comuns nessa fase da vida, como dificuldades de locomoção ou perda de memória.

Valorizando uma o processo de otimização de saúde de pessoas mais velhas, os serviços de home care se tornam essenciais nessa fase. Para o gestor de saúde da Quality Care Belém, Fábio Souza, o principal objetivo do serviço é promover um envelhecimento mais ativo e saudável. “A empresa presta assistência física e emocional ao idoso, garantido ao idosos uma melhor qualidade de vida, por meio de uma equipe de enfermeiros, técnicos de enfermagem, Cuidadores de idosos, administração de medicamentos, curativos, oxigenoterapia, equipamentos hospitalares, serviço de ambulância e atendimento 24 horas”, afirmou.

O gestor conta que algumas atitudes devem fazer parte da rotina de uma pessoa idosa. “Buscando por hábitos saudáveis, como a prática de atividades físicas, alimentação saudável, estímulos a novos hábitos, além de promover o bem-estar, físico, social, mental e espiritual. Com isso com certeza teremos uma ótima qualidade e continuidade de vida do idoso”, concluiu.

Dicas para ter uma velhice mais saudável:

Pratique exercícios físicos;

Mantenha uma alimentação saudável;

Durma bem;

Realize atividades que estimulem o cérebro;

Evite o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e o consumo de cigarros.

Consulte um médico regularmente.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?