Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Os tratamentos estéticos sempre chamam muito a atenção de quem gosta de cuidar da pele. A aplicação de produtos no corpo e no rosto exigem conhecimento, principalmente quando se trata de componentes químicos que causam descamação. É o caso do peeling, indicado para amenizar rugas, manchas e cicatrizes.

De acordo com a esteticista Daniely Carneiro, o principal benefício do tratamento com peeling consiste em obter uma renovação da pele do rosto e do corpo.  “Com essa renovação temos uma pele nova mais saudável. Os peelings são classificados quanto a profundidade, como muito superficiais, superficiais, médios e profundos. Também são classificados de acordo com  o tipo, químico, físico, enzimático ou com laseres”, afirmou.

O procedimento deve ser feito por um profissional capaz de avaliar qual o tratamento pode ser aplicado. “Os tratamentos geralmente começam a ser procurados quando a pessoa observa sinais de envelhecimento ou possuem alguma disfunção como acne e manchas. A avaliação prévia por um profissional qualificado é importante para ajudar a definir qual tratamento pode ser aplicado”, ressaltou Daniely.

Conhecer a sua pele é o começo para iniciar um tratamento estético. “Não só conhecer o tipo de pele, como também fototipo, tratamentos anteriores, históricos de saúde, profissão e queixa principal, são itens determinantes para a escolha do tipo de peeling. A frequência varia de acordo com o quadro do paciente e tipo de peeling. Os peelings mais agressivos e profundos pedem sessões mais espaçadas do que peelings mais superficiais. A regeneração da pele depende tanto  do tipo de peeling quanto da reação desse paciente”, declarou.

No geral as principais contra indicações é não realizar peelings sobe a pele lesionada ou infeccionas, conforme afirma Daniely. “Opta-se pela aplicação na pele íntegra. Que pode sofrer outras possíveis limitações de acordo com a particularidade de cada paciente. Por exemplo, o cliente que trabalha o dia todo em frente a uma fonte de calor e possui manchas, é recomendado reavaliar e verificar um momento como férias para realizar o procedimento”, concluiu.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio