Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Capital paraense integra fórum de cidades interessadas no imunizante.

Na manhã desta quinta-feira (06), o prefeito de Belém Edmilson Rodrigues, e o vice presidente da Conectar, participaram de mais uma reunião on line com demais gestores municipais do Brasil interessados no imunizante Sputinik V, e debateram sobre propostas de políticas públicas de âmbito nacional que possam proporcionar melhores condições de vida à população. Belém segue em fase de negociação da compra da vacina Sputinik V deste o último dia 19 de Abril. A capital do Pará integra um consórcio formado por 20 cidades brasileiras, e, prevê importar mais de 30 milhões de doses em breve.


“Não é mais possível que nós aceitemos um processo de reconstrução nacional sem um plano nacional para o desenvolvimento urbano e que realmente coloque em prática o que está previsto no estatuto da cidade e no estatuto das metrópoles, que é a necessidade de termos um plano nacional, planos regionais, inclusive as regiões metropolitanas e os planos diretores”, destacou o prefeito de Belém Edmilson.
A negociação do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar) com o Fundo Soberano Russo (RDIF) começou no mês de abril. Um representante do Ministério da Saúde também participou da primeira reunião, no mês passado para discutir a compra de imunizantes e insumos no combate à covid-19 nos municípios brasileiros.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?