Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Nos seis primeiros meses deste ano, mais de 163 mil usuários de planos de saúdes pesquisaram no portal da Agência Nacional de Saúde Suplementar sobre planos disponíveis para portabilidade sem carências. 

Um dos principais motivos da busca está relacionada aos preços cobrados pelos seguros de saúde. Os clientes procuram um valor mais baixo.  

O dado é de um relatório de acompanhamento de protocolos de portabilidade da ANS para a contratação e troca de planos de saúde.  

Além do preço, em primeiro lugar com 36% como razão principal das mudanças de plano, também estão a qualidade, com 25%, e o cancelamento de contrato, com 17%. 

Para quem deseja trocar de prestadora de cobertura médica, pode tirar as dúvidas sobre os direitos no site da ANS

Em casos de portabilidade de carências, o usuário pode mudar de plano de saúde sem precisar cumprir novamente um tempo em que o serviço pago pela cobertura fica indisponível. Essa é uma garantia a todos os beneficiários de planos de saúde contratados a partir de 1999, de qualquer modalidade de contratação. 

Entre as condições que precisam ser cumpridos para viabilizar a portabilidade estão: contrato ativo e pagamento em dia das mensalidades. É necessário respeitar o prazo mínimo de um a três anos para a portabilidade, de acordo com o plano. 

As regras gerais sobre troca de plano estão no portal da ANS, em uma cartilha no site www.gov.br/ans  

Fonte: Agência Brasil  

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?