Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

O presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, afirmou na CPI da Covid do Senado, nesta terça-feira (11), ser contrário às declarações do presidente Jair Bolsonaro, nas quais ele minimizou a importância da vacinação contra a pandemia ou pôs em dúvida os imunizantes.

Ao ser questionado pelo relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), como ele via as falas de Bolsonaro – citou, por exemplo, a brincadeira sobre o risco de virar jacaré para quem tomasse o imunizante da Pfizer -, Barra Torres declarou que isso “vai contra tudo o que nós [da Anvisa] temos protagonizado em todas nossas manifestações públicas”.

“Entendemos que a política de vacinação é essencial. Se todos estamos sentados aqui nessa sala é porque um dia nossos pais nos levaram para se vacinar”, disse o presidente da agência. “Discordar de vacina ou falar mal de vacina não guarda razoabilidade histórica”, concluiu.

Leia mais: https://noticias.r7.com/brasil/em-cpi-barra-torres-diz-discordar-de-falas-de-bolsonaro-sobre-vacinas-11052021

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio