Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que o conceito de saúde é bem mais abrangente que a simples ausência de doença: é um completo estado de bem-estar físico, mental e social e, dessa forma, merece atenção em todos as suas vertentes. Você conhece alguém que confirmou não estar bem com a saúde mental nos últimos anos?

No primeiro ano da pandemia de COVID-19, a prevalência global de ansiedade e depressão aumentou em 25%, de acordo com um resumo científico divulgado em março deste ano pela OMS. Uma das principais explicações para esse aumento é o estresse sem precedentes causado pelo isolamento social decorrente da pandemia. Ligados a isso estavam as restrições à capacidade das pessoas de trabalhar e a busca de apoio.

A psicóloga Roberta Rios, destaca importantes pontos para o cuidado com a saúde mental, principalmente após o período da pandemia. “Saúde mental é um bem estar emocional, é conseguir gerir bem suas emoções e ter pensamentos que lhe fazem bem é um indicativo de que a pessoa está com a saúde mental em dias”, comenta.

“Precisamos respirar, nos conhecer e entender aquilo que nos faz bem ao longo da rotina do dia a dia. Não temos que viver a semana esperando para ser feliz às sextas, por exemplo. Pelo contrário, precisamos inserir esses momentos de felicidade ao longo de todos os dias”, destaca a profissional.

ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE MENTAL

A relação entre a prática de exercícios físicos e a manutenção da saúde mental já é um consenso entre os profissionais de saúde. Ela atua diretamente na produção dos hormônios da felicidade, os quais até hoje são constantemente debatidos e estudados.

“Quando a gente pensa em saúde mental, podemos pensar logo nas atividades físicas. Pensamos em cuidar desse bem estar geral, cuidando do corpo, pensamentos, emoções e, também, da espiritualidade. O conjunto bem cuidado proporciona uma boa saúde mental”, completa. “A atividade física libera substâncias que trazem a sensação de bem estar. Por isso é importante buscar atividades prazerosas, coisas que a pessoa gosta. Ainda durante o dia você precisa fazer pequenas pausas para tomar um café, ter um momento de conversa com pessoas que lhe fazem bem e evitar ambientes tóxicos”, continua.

Após entender sobre a importância de manter a saúde mental sempre em dia, é necessário manter cuidados como:

  • Cuide da alimentação
  • Pratique atividades físicas
  • Priorize relacionamentos benéficos
  • Durma bem
  • Faça terapia
  • Não tenha medo de pedir ajuda

“Vivemos hoje em uma sociedade que vive com cobranças, tais como ser boa mãe ou pai, ser bom profissional, ser um bom filho, enfim. Precisamos ter um espaço de conforto no meio do caos, como as pausas diárias já citadas e buscar ajuda profissional”, finaliza Roberta Rios.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio