Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A pele requer cuidados diários para mantê-la saudável e para isso podem ser usados protetor solar, hidratantes tópicos, esfoliantes corporais e também os chamados óleos essenciais, que são óleos concentrados extraídos das plantas, que tem efeito positivo na pele, mas desde que sejam usados da maneira correta e orientado por um especialista.

A dermatologista Carolina Dias explica que óleos essenciais são usados principalmente na aromaterapia, que utiliza óleos essenciais para esse tipo de medicina natural e alternativa, e que também podem ser usados para outros fins. “Os óleos essenciais são primordialmente usados na aromaterapia, mas podem ter muitas funções para cuidar da pele e do couro cabeludo”, afirma.

Segundo a especialista, os óleos podem ter muitos benefícios, de acordo com o vegetal da onde são retirados. “São usados para diversas funções para mente e corpo. Na pele, podem ter ação sebo-reguladora, antisséptica e calmante”, destaca.

A médica pontua que os óleos não podem ser usados unicamente, mas devem ser mesclados com outros produtos, além do cuidado necessário para usá-los da maneira correta para que não tragam prejuízos ao invés de benefícios. “Temos que ter muito cuidado com o uso dos óleos na pele, especificamente. Ele nunca deve ser usado puro pois pode causar alergias, irritar ou até mesmo pigmentar como é o caso dos óleos de laranja, limão ou bergamota. Eles devem ser misturados a algum veículo como óleos, shampoos ou máscaras”, finaliza.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio