Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Quarenta médicos graduados fora do Brasil receberam hoje (12) diplomas revalidados pela Universidade do Estado do Pará (Uepa), após um processo iniciado em outubro de 2020, com o lançamento do edital de revalidação de diplomas do curso de Medicina pela instituição. A cerimônia, em formato híbrido, foi transmitida a partir da sala de reunião do Conselho Universitário (Consun), onde estiveram presentes o reitor Rubens Cardoso, a pró-reitora de Graduação, Ana da Conceição Oliveira e a diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), Vera Palácios. O governador Helder Barbalho também participou da solenidade de forma remota, por meio de acesso on-line à reunião realizada no Google Meet.

Vinte e cinco médicos também puderam assistir a cerimônia no Auditório da Reitoria da Universidade. Além de celebrar o momento de entrega dos diplomas, o evento também marcou uma iniciativa pioneira da Uepa, ao ser a primeira instituição de ensino da região Norte a assumir a realização do processo de revalidação de diplomas de Medicina obtidos em graduações cursadas no exterior.

Em seu pronunciamento, Rubens Cardoso relembrou ações da Uepa ao longo do último ano para o combate à pandemia, entre elas, a antecipação de diplomas a 150 concluintes do curso de Medicina, que em 2021 completa 50 anos. O reitor afirmou ainda que para “nós, operadores da educação, em entidade pública como a nossa e em um estado continental, é muito gratificante um momento desse. Ficamos felizes e almejamos que os profissionais desenvolvam suas atividades com uma base legal e se espalhem pelo nosso estado, porque nós precisamos”. O reitor também adiantou que Uepa deverá instituir uma Comissão Permanente de Revalidação para fazer o processo seletivo anualmente.

Leia mais: https://www.agenciapara.com.br/noticia/28222

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio