Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Considerado um dos reflexos da pandemia, dados da pesquisa Radar Pet 2021, da Comissão de Animais de Companhia (COMAC), apontam cresceu a procura por um pet durante a pandemia. Cerca de 30% dos animais foram adotados durante o isolamento social.

A pesquisa também revelou que a adoção chegou a superar a compra, representando 84% entre os felinos e 54% entre os cães. Mesmo com números animadores, o abandono ainda é uma realidade. A Companhia estima que cerca de 10 milhões de pets foram abandonados na pandemia por conta da perda do poder aquisitivo de grande parte da população.

Decidir adotar um animal de estimação requer investimento de tempo e de dinheiro. A médica veterinária Andressa Leitão afirma que a adoção de animais é um ato de amor, muito importante para as duas partes, tanto para quem adota como para o animal, no entanto requer responsabilidade e planejamento. “Essa decisão precisa ser planejada e não por impulso. Um animal não deve ser oferecido como presente, crianças devem ter supervisão de pessoas adultas no convívio com animais para evitar acidentes ou agressão, como mordida ou arranhadura. A começar pela escolha da espécie do animal, cães e gatos vivem 13 anos em média, precisam de atenção e cuidados como atendimento veterinário, vacinas, atividade física (passeios e brincadeiras), alimentação, limpeza do ambiente, banho e tosa”, declarou.

A médica destaca as vantagens de se adotar um animal. “Além de auxiliar na redução do número de animais vítimas de abandono e salvar a vida do animal que recebe a segurança de um lar. O animal oferece companhia, afeto, oportunidade de interação social, senso de responsabilidade, fortalecimento do sistema imunológico redução do estresse, os estudos apontam que passar a mão na pelagem de um animal aumenta os níveis de ocitocina que é um hormônio relacionado ao vínculo emocional”, afirmou.

Quer adotar? Confira lugares que disponibilizam pets!

O AuFamily Abrigo (@aufamilyabrigo): a cada 15 dias o abrigo vai realizar a Feira de Adoção no Shopping Bosque Grão Pará.
Praça da República: vários protetores se reúnem aos domingos com animais para adoção. Também é possível escolher um animal através de imagens publicadas nas redes sociais.
ONGs : os animais resgatados de situação de rua ou maus-tratos são disponibilizados para adoção.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio

Anúncio

INSTITUCIONAL

O Front Saúde

Bem-vindo à Revista Digital Front Saúde! Aqui você encontra as melhores notícias na área da saúde.

E se você soubesse de algo que pudesse salvar a vida de alguém que você ama?