Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Em 2021, a Organização Mundial de Saúde (OMS), previa que, neste ano, a velhice entrasse na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID 11), ou seja, seria considerada doença, mas a decisão foi revista e desconsiderada pela Organização. Mas além de decisões como esta, o idoso também pode enfrentar muitos outros desafios, como, por exemplo, o Etarismo, que em uma simples definição, é o preconceito contra a pessoa idosa.

A geriatra Leticia Loureiro explica quais são os principais desafios da pessoa idosa com relação à saúde. “A fragmentação do cuidado nas redes assistenciais de saúde ao idoso é um grande desafio. Assim como a falta de capacitação de profissionais de saúde para atender as necessidades da pessoa idosa, visto que o avançar da idade demanda maior atenção e cuidados específicos”, afirma.

Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), a geriatria é especialidade médica que se integra na área da Gerontologia com o instrumental específico para atender aos objetivos da promoção da saúde, da prevenção e do tratamento das doenças, da reabilitação funcional e dos cuidados paliativos. A médica enfatiza a importância da geriatria na saúde do idoso. “O médico especializado em geriatria tem como foco a qualidade de vida do idoso como um todo, já que o avançar da idade demanda maior atenção e cuidados específicos. Isso inclui os aspectos físicos da saúde, assim como emocionais e psíquicos. O acompanhamento é realizado de forma contínua e sistemática, essencial para a prevenção e tratamento de doenças, e, não menos importante, a promoção do envelhecimento consciente e saudável”, ressalta.

De acordo com a geriatra, uma vida saudável envolve algumas práticas essenciais, como:

  • Prática regular de atividade física;
  • Alimentação balanceada;
  • Sono regular;
  • Cuidados com a saúde mental;
  • Cuidados com o espiritual;
  • Boas relações sociais.

Por fim, a especialista revela que o segredo para a longevidade é cultivar um envelhecimento saudável. “E envelhecer com saúde significa manter a sensação de bem-estar físico, mental e social, e prevenir o que possa levar ao adoecimento”, conclui.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio