Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

A cada ano são desenvolvidas e difundidas novas técnicas cirúrgicas mais rápidas, menos invasivas e que levam mais segurança às pacientes no pré e pós-operatório. A grande novidade é a inclusão de prótese mamária com recuperação em 24h, consagrada pelo cirurgião plástico americano Jonh Tebbetts há algum tempo, porém, difundida recentemente no Brasil pelo cirurgião Thiago Cavalcante. A técnica já está disponível na capital paraense e promete revolucionar o campo da mamoplastia de aumento.

O procedimento é indicado para pacientes que desejam aumentar as mamas e que não apresentem flacidez associada ou de pequeno porte que possa ser corrigida com a inclusão da prótese sem precisar de mastopexia (retirada do excesso de pele). Além da recuperação rápida, a técnica permite um resultado mais duradouro e estável, com menor incidência de complicações tardias como contratura capsular e flacidez precoce da mama.

Para iniciar o processo, a paciente precisa marcar uma consulta de avaliação e identificar qual a melhor técnica para seu caso. O cirurgião deve medir as proporções, o tamanho do tórax, o formato do seio, a base das mamas, a posição do sulco e da aréola, o tipo de pele e se há presença de alterações anatômicas. Depois disso, utilizando um software de última geração é possível reproduzir como as mamas ficarão com os implantes e é possível testar diversos volumes. “Hoje temos tecnologias 3D que permite a paciente ter uma ideia do tamanho da mama antes da cirurgia, algo que era totalmente subjetivo do cirurgia anteriormente”, explica a cirurgia Janete Clívea.

Os resultados são incríveis, com menos impacto à paciente garante a especialista. “Movimentar os braços no mesmo dia da cirurgia, prender os cabelos sozinhas, dirigir no dia seguinte, trabalhar e até carregar um peso de 15 kg. Isso mostra o quanto os resultados desta técnica são estáveis e seguro”, ressalta.  

A técnica R24R já está disponível em Belém. O valor associado tem um custo mais elevado devido ao tempo de dedicação em estudo muito maior para atingir essa excelência, além de lançar mão de material importado específico e demais custos associados. Maiores informações estão disponíveis no https://www.r24r.com.br

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio