Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Entre as promessas, planos e metas para um novo ano que se aproxima está o projeto de começar a praticar alguma atividade física. Os exercícios físicos são capazes de trazer benefícios como prevenção de doenças, melhora da qualidade do sono, além de proporcionar mais disposição.

Em junho deste ano, o Ministério da Saúde lançou um guia de atividade física para a população brasileira com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (OPA). O guia aborda recomendações sobre a quantidade, a intensidade e os exemplos de atividades aeróbicas, de força e de equilíbrio, além de indicações para um estilo de vida ativo.

O profissional de educação física Márcio Cerveira explica por onde pessoas que estão sem praticar atividade física devem começar para voltar a realizar aos treinos. “O 1° passo é fazer uma consulta médica para obter informações sobre seu estado de saúde. Após isso, procurar um profissional de nutrição e um profissional de educação física para finalizar a fase inicial de preparação antes do início dos treinos propriamente ditos”, pontua.

Segundo o professor, é ideal começar com atividades que proporcionem prazer e motivação, e com exercícios em menor proporção como, por exemplo, praticar esportes coletivos, dançar ou correr.

Para quem já está praticando atividade física e deseja continuar sem perder o foco no próximo ano, o professor destaca a importância de ter um objetivo e de respeitar o processo para alcançar bons resultados. “O ideal é ter um propósito e um bom plano de ação alcançável, isso é de suma importância para que as pessoas possam continuar suas práticas de esportes. É bem comum as pessoas quererem ultrapassar as fases, ou seja, querer perder peso rapidamente, querer voltar a fazer aquilo que faziam a 3, 4 ou 5 anos atrás, tudo é processo e adaptação fisiológica, bioquímica, mecânica, funcional para que o corpo possa responder de forma positiva aos estímulos provocados pelo praticante”, afirma.

Por fim, o especialista reforça a necessidade da manutenção e acompanhamento da equipe multidisciplinar formada por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física para que possam levar o praticante ao máximo do seu desempenho e segurança durante as práticas.  

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio