Redes Sociais
Publicidade

Publicado

no

Administração segue a orientação do governo federal e suspende o uso da Astrazeneca em gestantes.

A Prefeitura de Ananindeua continua com a vacinação contra a covid-19 de pessoas com 48 anos ou mais com comorbidades, sendo uma das maiores cidades paraenses a vacinar essa faixa etária.
A vacinação em Ananindeua começou no último dia 5 de maio, e deve prosseguir enquanto durar o estoque de vacinas e dependerá também da chegada de novos lotes destinados ao município.
Dentro do cronograma de vacinação, por recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e da Secretaria Estadual de Saúde (SESPA), a imunização das grávidas com a Astrazeneca está temporariamente suspensa e sem previsão de retomada do calendário para este público.
Pelas redes sociais o prefeito de Ananindeua, Dr. Daniel aguarda a chegada de novas doses, e explicou quando questionado sobre o avanço da imunização que o lote com mais de 37 mil doses da Pfizer serão utilizadas na capital paraense. O gestor comentou ainda sobre a apresentação de documentos dos imunizados. “Devido à pandemia, e pela dificuldade que as pessoas estão tendo para se vacinar, flexibilizamos o comprovante da comorbidade, aceitando a receita médica que comprove”, explicou.
Para se vacinar é necessário apresentar documento que comprove domicílio em Ananindeua, laudo ou receita médica que ateste a comorbidade. São 11 locais de vacinação, fora dos postos de saúde instalados dentro de igrejas do município, uma forma de oferecer conforto à população.

Publicidade
Continuar Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anúncio

Anúncio